Avançar para o conteúdo
Início » Blog » O poder da ganância

O poder da ganância

Os cabalistas dizem que existem dois tipos de ganância: ganância estúpida, aquela onde usamos o nosso ego e as nossas reclamações sobre tudo o que não temos e que desejamos alcançar. É estúpido porque não perdura e atinge-nos com efeitos colaterais que arruínam outras partes de nossa vida.

O outro tipo é a ganância iluminada, onde usamos a nossa apreciação e os desejos da nossa alma para criar a “taça” para conter toda a alegria que buscamos. É a ganância iluminada porque gera resultados permanentes e é isso que nos motiva. Eu não acredito que exista uma pessoa gananciosa que só queira alcançar sucesso temporário!

Talvez tenha chegado a hora de começarmos a ficar “gananciosos” com a vida e calarmos o ego.

Talvez tenha chegado a hora de começar a apreciar tudo nas nossas vidas e, começar a apreciar tudo de bom em todas as pessoas que nos irritam ou incomodam verdadeiramente.

Consegue adivinhar?

Essa apreciação, esse acto de utilizar ativamente a consciência para ver e apreciar o que há de bom nos outros, na verdade só fortalece o que há de bom nas pessoas. Quanto mais descobre o que há de bom nos outros, mais fortalece a bondade deles. Da mesma forma, quanto mais descobre o lado ruim dos outros, mais poder confere ao lado sombrio deles. Este é o poder da consciência.

Como consequência, você não apenas fortalece e traz à superfície tudo o que há de bom nas pessoas quando o procura, como a sua apreciação por esse bom atrai bondade, alegria, mudança positiva e bênçãos autênticas na sua vida, o tipo de bênção que nunca tem fim.

Assim, a nossa taça de bênçãos transborda para sempre e sem fim. E este é o verdadeiro poder de apreciação.

2 comentários em “O poder da ganância”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreve a Newsletter!

Subscreve a Newsletter para estares a par dos meus mais recentes trabalhos!